Como eu fiz para ter cachos tão bonitos

woman-918603_960_720

Olá, pessoas! Hoje vim falar sobre um dos assuntos que mais me emociona e que tenho orgulho de falar: cabelos cacheados e crespos. Quem me conhece, sabe que essa minha cabeleira nem sempre foi bem vista e que já fui alvo de várias piadas preconceituosas. Felizmente, uma das perguntas que tenho escutado ultimamente é: “Como você faz para ter o cabelo tão bonito?”. E é justamente por isso que estou aqui, nesse blog abandonado, para dizer o que funcionou para mim.

  1. Aprenda a amar seu cabelo do jeito que ele é

    Eu, mais que ninguém, posso falar que não adianta nada investir rios de dinheiro em produtos para cabelo se você não está feliz com o que ele é. É preciso, antes de tudo, trabalhar na sua autoestima. Antes, a representatividade era um problema, porque só se via garotas com cabelo liso (muitas vezes, aquela sua colega era cacheada e você nem sabia, porque ela alisava desde sempre). Hoje temos várias mulheres lindas e empoderadas desfilando com cachos de todos os tamanhos, tipos e formas. Busque sua inspiração! 🙂

  2. Uma rotina espartana de cuidados

    Esqueça aquela história de “lavar com shampoo e condicionador, hidratar uma vez por semana”. Talvez isso funcione para quem tem o cabelo muito liso e muito oleoso. Para a maioria das mulheres, o cuidado deve ser intensificado. Eu, por exemplo, não lavo o cabelo se não usar nenhum tipo de produto de tratamento. Quando estou com pressa, uso uma máscara de hidratação simples, mas não deixo de usar. Não preciso nem dizer que deixar de usar creme de pentear (leave-in) é um pecado, né?

  3. Aprenda a investir nos produtos certos

    Um dos assuntos para cabelo mais comentados na internet é o tal do “cronograma capilar”, que revolucionou a forma como cuidamos dos nossos cabelos. Antes, eu achava que toda máscara de hidratação era “igual” e não sabia como usá-las. Resultado: várias máscaras caras encostadas no box do banheiro sem usar, afinal, eu não via resultado nelas. É muito melhor gastar mais barato num produto que atenda as suas necessidades do que investir em coisas “da moda” que podem não funcionar para você. Pesquisa é fundamental.

Post bem curtinho, eu sei, mas essas foram as principais coisas que aprendi nos últimos 3 anos e que me ajudaram muito. Espero que ajude vocês também!