Minha pele e tons de base que uso para referência

Olá! Esse post é nada mais que um aviso de uma nova página que inseri aqui no blog.

No menu acima, há o link MINHA PELE que contém informações sobre o meu tipo de pele, meus produtos de skincare favoritos e meus tons de base e corretivo.

Espero muito que esse guia seja útil para você com o tom ou tipo de pele parecido. Pretendo mantê-lo sempre atualizado.

Abraços,
Carol

Produtos Hada Labo e como incorporar a skincare asiática na rotina brasileira

Eu já mostrei os dois produtos da Hada Labo que comprei no meu Instagram. Estou sempre por lá mostrando na minha rotina de cuidados com a pele. Esses produtos vêm do Japão, um país extremamente conhecido por seus produtos de cuidado com a pele. Outro país que também está no hype da skincare é a Coreia do Sul, com a popular k-beauty. A dica de hoje é j-beauty, mas ambos os países possuem tendências de beleza muito similares.

A Hada Labo é uma marca japonesa que começou a vender oficialmente no Brasil há pouco tempo. Porém, antes disso muitas pessoas já tinham acesso a esses produtos por meio de lojinhas no Instagram. Eu não costumo comprar produtos assim, então só fui conhecer agora mesmo.

Cleansing Oil e Loção Gokujyun Hada Labo

Cleansing Oil e Loção Gokujyun Hada Labo

Cleansing Oil Gokujyun Hada Labo

Eu nunca tinha usado cleansing oil antes, mas eu estou completamente apaixonada por esse produto. O cleansing oil remove a maquiagem completamente sem agredir a pele, sem gastar algodão, e ainda removendo impurezas da pele que causam cravos. É o produto perfeito, tanto para quem gosta de maquiagem, quanto para quem só quer limpar a pele. Apesar de ser um óleo, em contato com a água, ele se torna uma espécie de sabão que sai completamente sem deixar vestígios. Por isso, é muito importante usar o cleansing oil com as mãos e o rosto secos. Massageie o rosto com calma e com cuidado, pois é muito importante gastar um tempinho massageando tudo para limpar os poros.

Loção Gokujyun Hada Labo

A Loção Gokujyun é um produto chamado de loção no Japão e essência na Coreia. Essa etapa vem antes do hidratante, podendo ser uma pré-hidratação. Alguns tipos de loção possuem ingredientes clareadores, que controlam a oleosidade, ou com ação anti-envelhecimento. A Gokujyun é apenas uma loção super hidratante, que contém três tipos de ácido hialurônico. O ácido hialurônico, como sabemos, é produzido pelo nosso organismo mas essa produção decai a partir dos 25 anos. Por isso, é importante repor esse ativo, que ainda traz bastante maciez e preenchimento das linhas finas da pele. Você pode encontrar aqui.

Rotina simples adaptada com o Cleansing Oil e a Loção Hada Labo

Rotina simples adaptada com o Cleansing Oil e a Loção Hada Labo

Como inserir o cleansing oil e a loção Hada Labo numa rotina simples

Muitas vezes, ficamos com medo de inserir os produtos asiáticos na nossa rotina por não poder seguir os nove passos. A verdade é que, com poucos passos, é possível usá-los e se beneficiar bastante do que eles entregam. Na foto acima, esqueci de incluir o protetor solar, então não esqueça de acrescentar o protetor solar de sua preferência para se proteger dos raios UV.

O cleansing oil e o gel de limpeza são responsáveis pela chamada dupla limpeza. Confesso que não uso o cleansing oil todos os dias, apenas quando estou com maquiagem, para economizar rs. Você pode usá-lo três vezes por semana, por exemplo. O gel de limpeza escolhido foi o Cleanance da Avène, que remove a oleosidade mas é extremamente leve e calmante para a pele. A loção Gokujyun potencializa o hidratante Neutrogena Hydro Boost, que também contém ácido hialurônico e é extremamente leve. Para peles secas, eu trocaria o hidratante por outra opção mais potente.

Espero que vocês gostem do post e até mais!

5 produtos que eu não uso

Olá! Hoje chegamos aos 100 inscritos no canal do Youtube. Se você ainda não se inscreveu, clique aqui, se inscreva e chame seus amigos para fazer parte da nossa família! Agora, estamos rumo aos 1000 inscritos, por isso toda divulgação é válida.
Meu último vídeo é sobre os produtos e técnicas que eu não uso. Falei o porquê não uso cut crease, condicionador, creme para área dos olhos, produtos em creme e a Foreo. Corre que tá muito interessante!

Muito obrigada por me acompanhar aqui!

Beijos, Carol

Sobrevivendo ao inverno com lip balms

Todos os meus lip balms: Luisance, MAC, Bepantol, Nivea e Vivai

Chega o inverno e uma das nossas maiores preocupações é como se manter hidratada, principalmente quem mora em lugares muito frios. Essa é uma preocupação que está longe de ser estética, porque a secura em excesso causa lesões e feridas na pele. Os lábios são um dos locais mais sensíveis nesse período, e o uso de lip balms, ou hidratantes labiais, se faz mais que necessário.

Todos os meus lip balms: Luisance, MAC, Bepantol, Nivea e Vivai

Todos os meus lip balms: Luisance, MAC, Bepantol, Nivea e Vivai

Eu sempre tive essa preocupação de hidratar os lábios. Acho que não é novidade para ninguém que eu não uso batom líquido matte, por exemplo. Eu sinto a minha boca muito desconfortável quando uso esse tipo de produto. Mesmo um batom em bala matte, tipo os Retro Matte da MAC, me causam um pouco de desconforto. Minha fórmula de batom favorita é a matte comum em bala, que deixa o batom mais sequinho mas sem ressecar a boca.

Hoje eu vou falar mais para vocês de tudo o que estou usando para enfrentar esse inverno quarentenada E tomando isotretinoína, o famigerado roacutan. Eu comecei a tomar esse medicamento há exatos quatorze dias, e você pode acompanhar melhor a minha trajetória nesse vídeo e no meu Instagram, coloquei nos destaques.

Funny Animals Uva Luisance, Tendertalk Play with Me MAC, Bepantol Derma Protetor Labial Diário e Amora Shine Nivea

Funny Animals Uva Luisance, Tendertalk Play with Me MAC, Bepantol Derma Protetor Labial Diário e Amora Shine Nivea

Os meus lip balms do momento

  • Nossa lista começa com o fofíssimo Funny Animals da linha infantil da Luisance, Turma da Lú. Esse lip balm tem cheirinhos de frutas e embalagens super fofas. O que eu escolhi é de uva porque foi o cheirinho que eu mais gostei, mas a vontade era de comprar todos. Além de ser fofo e cheirar muito bem, ele hidrata bastante e é barato (custou apenas 5 reais). Daí você me pergunta: e qual o defeito desse produto? Infelizmente ele é MOLENGA. Estamos no frio, então não era para ele estar tão mole assim, mas fui passar e o bichinho quebrou. Obviamente coloquei de volta no potinho e vou usar até o final, mas não é dessa vez que encontrei o produto perfeito.
  • No extremo oposto do lip balm anterior, temos o Tendertalk da MAC. Esse lip balm é apenas a melhor coisa que já reinou sobre os meus lábios, e eu estou muito triste porque o meu está no talo e não tenho dinheiro para repor. O Tendertalk tem aquela proposta antiga dos anos 90 de reagir ao calor dos seus lábios e criar uma cor personalizada. Se isso é verdade ou não, eu não sei, mas ele é lindo e hidrata de um jeito que nada nunca hidratou. Era vendido em várias cores e o meu é o vermelho Play With Me. Custa a bagatela de 99 reais, então por esse preço não faz mais do que a obrigação. rs
  • O Bepantol Derma é o rei dos lip balms e acredito que todo mundo já tenha ouvido falar. A Bayer, que produz o Bepantol, começou com um marketing pesadíssimo nos produtos para os lábios, pois muita gente já usava a pomada Bepantol para hidratar os lábios. Eu mesma tô usando sempre por indicação do dermatologista. Mas eu quis muito experimentar esse tipo de lip balm mais amigável para o dia a dia. Ele deixa a boca um pouco branca, o que pode ser um problema para quem não quer um produto que apareça, mas vale a pena. É maravilhoso. Custa 30 reais e pode ser encontrado aqui.
  • O Amora Shine da Nivea é um lip balm que já existe há muito tempo no mercado. Eu já usei várias vezes o Morango Shine, que é mais leve, mas eu preferi muito mais o de amora. A cor dele é linda e dá quase para substituir o Tendertalk. Ele não hidrata tanto quanto o da MAC, mas pelo preço eu já fico mais que contente de ter achado um substituto. Custa 17 reais.
  • O último lip balm é o Candy Balm da Vivai. O formato dele foi inspirado no famoso EOS (que não está nesse post, mas eu já usei um). Para falar a verdade, achei que ele hidrata tanto quanto o EOS e é bem mais em conta. A única desvantagem, que nem chega a ser desvantagem, é que ele fica um pouco mais difícil de passar quando a bolinha fica achatada. Eu não sei quanto custa, porque eu ganhei o meu de presente, mas acredito que esteja na faixa dos 10 reais.

Espero que você tenha gostado das dicas! Não se esqueça de hidratar bem os lábios, o rosto e o corpo. Depois me conta o que achou dos lip balms. 🙂