Todas as minhas bases: acabamentos, coberturas e faixas de preço

Olá, tudo bem com você? Comigo sim! Hoje eu vim trazer para vocês um post que eu imagino que faça sucesso com quem gosta de maquiagem. Geralmente, o item que todo mundo procura é a tal da base. (Corretivo também, mas quem sabe eu não estenda esse assunto para um outro post?)

Eu tenho uma quantidade razoável de bases (você, por exemplo, pode resolver a sua vida com uma ou duas!)… Antigamente, não era um item de maquiagem que eu usava muito. Me interessava muito mais pelo corretivo nas olheiras e pronto. Mas aprendi a amar bases quando elas são leves e de acabamento luminoso.

Mas peraí…? O que é acabamento luminoso? O que é acabamento matte? Qual é a base ideal para o meu tipo de pele? Essas e outras perguntas você encontrará a resposta aqui no Globo Repórter.

Para maiores informações… a minha pele é normal, com tendência a ficar seca no inverno e mista no verão. Eu moro em Brasília, que costuma ser uma cidade muito seca mesmo no período de chuvas. Aqui é bem quente, mas não chega a ser o calor de uma cidade no Nordeste.

Bases Luminosas

Bases luminosas são aquelas que deixam o seu rosto ~iluminado~, ou seja, brilhante. Mas atenção: não é porque a base é luminosa que ela vai ser sebosa. Guarde esse mantra no seu coração. Uma base pode muito bem ser luminosa e ser oil free. Porém, a base luminosa costuma não segurar a oleosidade da pele. É isto. Ela não vai piorar, mas também não vai melhorar a situação. E é por isso que algumas pessoas de pele oleosa conseguem se adaptar bem a elas, seja com a preparação de pele ou com a finalização com pó.

O BB Cream Clareador Latika possui FPS 44, o que é excelente para o dia a dia. Eu mesma uso quase todos os dias (quando quero sair maquiada, senão eu só uso protetor solar mesmo e deu). Eu AMO o acabamento desse BB Cream, é bem luminoso meixmo. Acho que a galera do matte vai querer sair correndo. A cobertura é de leve a média (mais pra média, eu diria), acho que é o BB Cream com maior cobertura que já usei. A minha cor é a Bege Claro, e infelizmente só possui três tons. A marca é cruelty free. Custa de 60 a 70 reais e você pode comprar aqui.

A Healthy Mix Serum Bourjois é uma base leve a média (para uma cobertura média mesmo, você pode escolher a Healthy Mix original que tem um acabamento similar com cobertura maior). Essa base é perfeita para quem tem pele madura. O cheirinho dela é uma delícia, e a fórmula é enriquecida com frutas e vitaminas. Deixa a pele bem iluminada e é ideal para o dia a dia, mas não possui SPF (o que é uma vantagem para quem quiser usar à noite também, pois assim não estoura no flash). A minha cor é a 52 Vanille: a gama de tons é um pouco limitada, com só seis tons. Infelizmente, a marca não é cruelty free. 🙁 Custa 101 reais e você pode comprar aqui.

Bases Acetinadas

As bases acetinadas são as mais versáteis e costumam ir bem com todos os tipos de pele. São a transição entre o luminoso e o semi-matte: o acabamento é um pouco mais sequinho, mas ainda traz um viço natural à pele. Pessoas com a pele muito seca podem preferir fazer uma camada de hidratação potente antes de usá-las, assim como pessoas com a pele muito oleosa podem caprichar no pó finalizador para mantê-las intactas. São as minhas favoritas para sair à noite.

A base Ultra HD Make Up For Ever é a base mais rainha das bases que eu já usei na minha vida. Também pudera, com o preço dela, ela devia transformar meu rosto no da Beyoncé. rs A cobertura dela é média, mas a tecnologia dela é tão boa que parece que você cobriu todas as imperfeições sem passar nada. É muito levinha na textura, você praticamente não sente a base, mas a cobertura é ótima. A minha cor é a Y235 e a gama de cores dessa base é digníssima (amém!). Make Up For Ever também não é cruelty free. Custa a bagatela de 210 reais e pode ser comprada aqui.

A Air Power Make B O Boticário veio na leva das bases conta-gotas. Ela possui uma “irmã” que é a Base Superfluida Quem Disse Berenice. Quando eu fui comprar essa base, fui direto na loja da Quem Disse Berenice testá-la, mas ela craquelou no meu rosto e deixou um aspecto muito seco. Sendo assim fui na loja O Boticário comprar a Make B e não me arrependo. Ela fica bem sequinha na pele, mas sem craquelar. O FPS é 55, o que torna a base super amigável para usar durante o dia e justifica um pouco o preço alto. A cobertura vai de leve a média e a minha cor é a Bege Claro 01. A gama de tons é ridícula e só tem seis tons. A marca é cruelty free. Custa 89,90 e você pode encontrá-la aqui.

A SuperStay 24h Maybelline da fórmula antiga é uma excelente base. Deu uma superfaturada desnecessária nos últimos anos, indo de 50 a 70 reais em um pulo. Infelizmente, a nova fórmula é ainda mais cara que essa (ouvi dizer que está sendo vendida a 90 reais nos quiosques…). Acho que a Maybelline perdeu a noção e os preços estão altíssimos. 50 reais num rímel que custa 7 dólares? 70 reais num corretivo que custa 10 dólares? Essa base, apesar de ótima, para mim não vale um investimento tão alto. Não pela duração dela, que é excelente (não fiquei 24 horas com ela, mas dura bastante a uma festa com suor e calor). Os tons claros dela são muito rosados, o que me obriga a usar um corretivo amarelo para consertar o subtom. A minha cor é a Classic Ivory Light. A marca não é cruelty free. Creio que essa versão vá sair de circulação, mas ainda dá para encontrá-la aqui.

Bases Semi-matte

A base semi-matte, ou soft matte como alguns preferem chamar, é uma base de acabamento opaco, mas que não fica tão seca na pele. Pode ser usada tranquilamente em peles mistas a oleosas. Algumas peles normais vão pedir mais hidratação, outras também vão se adaptar bem a ela. É um tipo de base, porém, que já começa a não ser recomendável para peles secas, a menos que você dilua em um hidratante.

A Base Líquida Soft Efeito Matte Dailus é uma queridinha minha, tanto que este já é meu segundo tubo dela (e para eu chegar a esse ponto é porque foi amor eterno). Eu não tenho conseguido usá-la agora porque sinto que minha pele tá numa vibe seca, mas no calorão ela fica perfeita para mim. A cobertura é média, bem média mesmo, e a textura dela é bem gostosa de passar. Acho ela bem versátil, já consegui usar tanto no dia a dia quanto num casamento. A minha cor é a 04 Bege Claro e a marca possui oito tons. A marca é cruelty free. O preço não costuma passar de 30 reais, e ela pode ser achada aqui.

A Base Matte Pausa Para Feminices é bastante polêmica. Muitos amam, muitos odeiam. Acho que sou a única pessoa nessa blogosfera inteira que gosta mais ou menos dela. Ela é a versão rebocão da base anterior. Como eu não gosto de reboco, uso um pinguinho dela e ela seca bem no rosto e fica ótima. Porém, já tentei fazer uma cobertura mais grossa com ela e não deu muito certo. Não é a maior caçamba de lixo como o pessoal diz, mas também está longe de ser uma das minhas favoritas. A minha cor é a 1,5 e a gama de tons dela é muito boa. A marca é cruelty free e a base é vegana. Custa 35,90 e pode ser encontrada aqui.

Bases Matte

A base matte é o maior hit entre as brasileiras, principalmente por ser a melhor base no quesito controle de oleosidade. O acabamento dela fica opaco e muitas vezes dispensa o uso do pó. Fuja dela se você tiver a pele seca! Peles normais, dependendo do gosto de quem estiver usando, podem usá-la sem problemas. Eu confesso que não gosto muito dela, para mim o limite da secura (rs) fica no semi-matte. Mas reconheço que muitas de vocês gostam, então vamos falar delas aqui também.

A TimeWise Mary Kay de acabamento matte (pele mista a oleosa) veio parar nas minhas mãos porque minha mãe comprou errado. Ela odiou a base. Era um pouco óbvio que ela ia odiar, se a pele dela é seca! Eu não tenho a pele tão seca assim e também não gostei, porque ela é matte ao quadrado. Mas talvez isso seja justamente o que te agrade nela! A cobertura é média, podendo ser alta também. Infelizmente, para comprá-la é necessário uma consultora Mary Kay (e é justamente por isso que eu não tenho por onde indicar um site para a compra). Eu utilizo uma mistura dos tons Ivory 03 e Beige 05 (um extremamente claro e outro extremamente escuro), por isso não tenho como dizer a vocês o meu tom. Porém, a gama de cores é boa e acredito que muita gente encontre o seu tom. A marca não é cruelty free. Custa cerca de 60 reais.

A Avon True Flawless Ultramatte é a única base matte que eu já gostei na vida. O acabamento dela é leve a médio. O acabamento dela é super sequinho, mas não fica ressecado. Acredito que muita gente vá gostar dessa fórmula. O defeito dela, para mim, é a oxidação que é absurda e dificulta muito a escolha de tons, que já é difícil de ser feita pelo catálogo da revista. Assim como a Mary Kay, a Avon é vendida por consultoras (e eu realmente recomendo que você compre por uma consultora para poder ajudá-las nesse trabalho tão árduo), mas se você não conhecer nenhuma, é possível comprar pelo site. O meu tom é o Bege Claro, e a marca possui dezoito tons de puro deleite e satisfação. A marca não é cruelty free. O preço cheio dela é 42,99, o que para mim é um pouco alto pelo o que ela entrega, mas fique atento às promoções.

E é com muita satisfação pessoal que finalizo esse post, que creio ser muito útil a quem procura uma boa base mas não sabe nem como começar a procurar. Se você gostou desse post, peço que compartilhe com seus amigos apaixonados por maquiagem! 🙂

Carol

Resenha: BT Jelly Gloss Tint e Clear (Bruna Tavares)

Olá a todos! Se vocês pensaram que o blog virou só resenha de chá, estão muito enganados (ou não). Eu ainda planejo fazer algumas resenhas de cosméticos, mas segurei durante muito tempo até conseguir liberar a vocês a resenha dos BT Jelly, da Linha Bruna Tavares.

A caixinha do produto é lindinha, e contém as seguintes informações: “O BT Jelly Gloss possui uma textura firme que adere bem a boca sem escorrer. Além de deixar os lábios com um brilho glossy incrível, ele ainda hidrata e acalma. Beleza e cuidado aliados em um só produto! Textura suave, fácil aplicação, contém óleo de algodão e linhaça, livre de parabenos”. O produto ainda indica na caixa que contém Revinage®, uma tecnologia patenteada que promete lábios hidratados e sedosos. Está disponível em duas cores, Jelly e Tint, é cruelty free e vegano.

Antes de expor a minha singela opinião, gostaria de lembrar a vocês que EU comprei esse produto, não estou sendo paga de nenhuma forma para falar isso aqui (uma pena, porque poderiam!). Parece óbvio, mas algumas pessoas na internet acham que todos os produtos da Bruna Tavares são um lixo e que quem gosta está mentindo porque foi pago para isso. Não é o meu caso: eu compro todos os produtos dela com meu próprio dinheiro e por gostar muito da qualidade, da fórmula e da postura dela como empresária de beleza.

No caso dos BT Jelly, eu sou simplesmente APAIXONADA por eles. O gloss é realmente firme, então ele não sai tão facilmente da boca como um gloss comum. Óbvio que, se você comer e beber, ele sai, mas sai menos. Eu já estava achando isso fantástico, até que percebi que, com o uso contínuo, a minha boca ficou muito hidratada. A minha boca é meio fresca, o clima de Brasília é seco e não ajuda, então não é qualquer lip balm que me sirva. E no caso do BT Jelly, ele hidratou meus lábios lindamente.

BT Jelly Clear

Eu rodei Brasília inteira incessantemente atrás desse bendito BT Jelly Clear, que estava esgotado em todas as lojas que eu encontrava. Acabei encontrando o bonito numa loja de cosméticos dentro do Carrefour do Park Sul. Ele possui um cheirinho doce que eu gostei muito, até estranhei que só tem esse cheiro nele e não no Tint. Fiz questão de comprar esse e não de outra marca porque a fórmula é realmente diferenciada, com alto poder de hidratação, e é um gloss muito confortável, sem melecar muito.

BT Jelly Tint

Eu passei muito porcamente, mas por favor abafem. Esse BT Jelly Tint é a coisa mais linda e maravilhosa do mundo, é meu lançamento de maquiagem favorito de 2018 com certeza. Além da fórmula deliciosamente hidratante, ele dá um efeito de lábios corados que eu adoro (e já uso desde antes da modinha, diga-se de passagem, com o batom True Red da Panvel). O líquido é bem vermelho na embalagem, mas tem um tom translúcido que pode ser intensificado ou espalhado, de acordo com as suas necessidades. Se você quer comprar um deles, eu recomendo este!

O valor do BT Jelly oscila entre 30 a 35 reais. Você pode encontrá-lo em lojas físicas Renner e Riachuelo, ou online em sites como Tblogs.

O que acharam? Comentem! 😉

Minha wishlist de produtos: skincare e maquiagem

Oi, internet! Tudo bem com vocês?
Que eu gosto de testar produtos novos, vocês já sabem… mas o maior problema é que os lançamentos de beauté estão a todo vapor e é impossível acompanhar. .

Eu já tive a minha vibe de querer testar loucamente todas as maquiagens da MAC. Porém, quem atualmente ganhou meu coração são as blogueiras brasileiras Marina Smith e Bruna Tavares. Além do blog delas ainda ser super legal e informativo, numa época em que todo mundo deixou os blogs de lado para aderir ao YouTube incluindo eu, essas moças maravilhosas são também empresárias de beleza e desenvolvem produtos super legais, com preço justo e tecnologia inovadora.

A Marina Smith vende seus produtos na Sephora. Atualmente, a maioria da linha está somente online, mas você pode encontrar o pó Amarelinho perto do caixa.

Sérum Facial Pot Pourri 30 ml Bruma Finalizadora 120 ml Óleo Reparador Noturno Boa Noite 30 ml

Clique nos produtos para ser direcionado à loja.

Da Bruna Tavares, os produtos que eu mais estou cobiçando ainda não passam de meros protótipos no instagram. O BT Mermaid e o BT Detox, ambos séruns para hidratar e controlar a oleosidade da pele, respectivamente, não saem mais da minha cabeça e dos meus sonhos. Da linha de maquiagem dela, mal posso esperar para colocar minhas mãos no BT Powder, mesmo não sendo a maior usuária do mundo de pó compacto.

Comprei recentemente o diluidor SOS Makeup, o que me deixou morta de vontade de comprar o SOS Batom Matte… Eu não sou a maior fã do mundo de batom matte, talvez esse produto me ajude a usá-los. Outra coisa que me deixou morrendo foi o Isotônico Corporal Sereismo, principalmente porque a linha Sereismo está indo embora! 🙁

SOS Batom Matte Pausa para FeminicesMermaid Tears Sereismo

Clique nos produtos para ser direcionado à loja.

Ainda no mundo dos séruns, estou querendo muito encontrar substitutos aos séruns Lágrimas de Unicórnio da Cat Make. Não é novidade que eu decidi boicotar a marca, apesar dos produtos serem incríveis, pelo apoio velado a um certo presidenciável fascista. Clique aqui caso queira saber a história por completo. Nessas minhas andanças e pesquisas, gostei muito e me identifiquei com dois séruns da Koloss: o Elixir Rose Gold e o Magia de Unicórnio. Para minha felicidade, a faixa de preço é levemente mais cara, mas nada impossível de repor depois.

Elixir Rose Gold e Magia de Unicórnio
Estes produtos eu não tenho uma loja oficial para direcioná-los, mas é possível encontrá-los na MaquiADORO.
Agora eu quero saber de vocês: quais os produtos de skincare e maquiagem que vocês mais querem pôr as mãos? Comentem aqui!
Abraços,

Carol

A minha make nada que é de fato uma make nada

Muitas de vocês devem ter se deparado com tutoriais de “make nada” que levam meia hora para ficar prontos e levam quinze produtos diferentes, não é mesmo?

Pois é, eu já caí nessa roubada. Já achei que precisava de vários produtos diferentes para seguir os tutoriais das blogueiras. E é por isso que eu trago esse post. Muita gente elogia minhas maquiagens, mas nem imagina que o segredo dela está no cuidado com a pele.

Nessa foto acima, por exemplo, usei apenas corretivo, pó translúcido, lápis bege, pasta de sobrancelhas, máscara de cílios e batom. Não tem base, não tem iluminador, não tem blush. O glow e o corado são da minha pele mesmo, e é muito mais saudável se acostumar a andar assim a passar quilos de reboco na cara.

Os produtos usados acima são esses:

maquiagem2

Corretivo Studio Finish MAC

O meu Studio Finish é essa paletinha bem útil, mas é a mesma fórmula do corretivo em pote. Consigo usar tanto o NC20 quanto o NW20, sendo o NC20 mais a cor da minha pele e o NW20 um rosado que neutraliza o tom da olheira. Os outros tons eu uso quando faço uma maquiagem mais elaborada com todo aquele negócio de iluminação e blablabla. Mas querem saber a verdade? Aquela quantidade toda de milhares de corretivos não é necessária. É muito mais seguro fazer camadas finas e construí-las de acordo com a sua necessidade. Dá um resultado mais natural e menos argamassa.

Se você não quiser gastar tanto, o corretivo em pasta da Quem disse, Berenice? tem um efeito muito similar, sendo inclusive mais sequinho que este. Como minha pele é de normal a seca, prefiro o da MAC por ser mais emoliente.

Pó translúcido HD Vult

Esse pó da Vult é o queridinho de muitas pessoas, tanto o compacto quanto o translúcido. Eu nunca usei o compacto, mas o translúcido é bom. Ele é mais rosadinho, então some fácil mesmo em peles mais morenas. Nunca me deu problema de estourar no flash e dá um acabamento mais natural que o compacto. Usei apenas para selar o corretivo.

Lápis High Brow Benefit

Sabe aquele passo “frescura que faz toda a diferença”? É o lápis bege na linha d’água. Acho que deixa qualquer um com cara de mais acordado e descansado. Você pode usar o lápis Perfect Up da Vult, que tem a mesma função e é muito mais barato que esse. Ambos duram muito na linha d’água. Eu mesma, se precisar comprar de novo, optarei pelo Vult sem pensar duas vezes.

Pasta de Sobrancelhas Ka-Brow! Benefit

Esse é o produto de maquiagem com a embalagem mais maravilhosa que eu tenho. E o conteúdo também não deixa atrás: adoro a possibilidade de deixar minha sobrancelha bem definida, mas com aspecto natural. O pincel que vem dentro é bom de verdade, o que é raro nesse tipo de produto. A desvantagem é custar muitos dinheiros (129 reais), mas a Maybelline tem um lápis de sobrancelha gordinho que é minha opção do dia a dia.

Máscara de cílios Extra Volume Make B

Essa máscara de cílios foi roubada da minha mãe, que não se deu bem com o aplicador de silicone dela. É uma máscara maravilhosa, inclusive, o efeito dela nos meus cílios é quase igual ao da Roller Lash da Benefit, a melhor máscara que já usei na vida. A minha está quase acabando, mas não pretendo repor pelo preço salgado (75 reais).

Batom True Red Panvel

O produto mais acessível desses da lista. Paguei aproximadamente 7 reais nesse batom, que é um dos meus favoritos. Essa cor True Red é bem leve, não espere cobertura dela. É como se fosse um híbrido de lip balm com cor e batom. Essa corzinha de saúde é justamente a responsável pelo meu vício posterior em batom vermelho. Recomendo para quem ainda está com medo de ousar.

Outros produtos que eu também gosto de usar nessa mesma natural vibe:

maquiagem3

Tendertalk Lip Balm MAC

Este é um lip balm com cor. Custou 89 dinheiros, o que é um absurdo, mas é a coisa mais hidratante que já usei nos meus lábios e a única que me salvou na secura do cerrado brasiliense. Eu compraria de novo. Chorando, claro, mas compraria. Pretendo testar outros lip balms que prometem ser mega hidratantes, depois conto o que achei deles.

Delineador Marrom Maybelline

Nada de mais a declarar. Um delineador marrom, barato, desses de pincel. Não é à prova d’água, então é bom para o dia a dia. A embalagem é que me desagrada um pouco por ser frágil, mas acho que paguei apenas 20 reais e é até bem pigmentado.

Máscara de cílios Roller Lash Benefit

A máscara amor da minha vida. Rende bastante, deixa os cílios curvados, alongados e até com um pouquinho de volume (o suficiente para me agradar). Não é à prova d’água e é bem fácil de tirar, ao contrário da They’re Real que é um parto para tirar e ainda escorre.

Blush Blushbaby MAC

Você precisa investir tanto em um blush? Sejamos sinceros, não. Um blush barato vai fazer o mesmo serviço. O diferencial, porém, é essa cor Blushbaby. Ela é exatamente do tom que eu fico corada, sem contar que é bem suave e não fica chinelada nem se você se empolgar muito. Eu uso quase todos os dias esse blush há mais de um ano e nem sinal de ele afundar. Isso se dá à qualidade dos produtos em pó MAC, que não esfarelam de jeito nenhum. Geralmente um blush mais barato esfarela bastante, e nisso, você já perde produto que daria mais umas duas aplicações.

E é isso. Parece uma lista bem extensa de produtos, mas se você for pensar, a pasta de sobrancelhas é dispensável para quem tem uma sobrancelha cheia. O lápis bege é mais um charminho extra. O pó é dispensável se seu corretivo for bem sequinho. Dessa forma, o trio corretivo + rímel + batom é a minha recomendação para a maquiagem do dia a dia.

Vamos falar de beleza, mas também falar sobre consumo consciente! <3
Beijos!