Máscara facial funciona mesmo? Receitinha caseira, argila ou sheet mask?

Oi, tudo bem com você? Antes de começar, se você não me segue no Instagram (@carolinahaine), sinta-se mais que convidado a se juntar à turma. Eu tô sempre interagindo com todo mundo e fazendo um conteúdo bem orgânico, bem vida real, com o feedback que vocês me dão!

Hoje eu vou falar sobre um assunto muito legal e muito hypado no mundo da internet: máscara facial. É inegável que a máscara facial seja o ápice dos rituais millennials de autocuidado, ou seja, garoutas cansadas entre 23 e 33 anos estão muito mais propensas a aderir ao uso de máscaras enquanto hidratam o cabelo e bebem um vinhozinho. Quem não ama?

É claro que existem inúmeros memes na internet a respeito do assunto, sobre como muitas vezes as pessoas têm vícios e hábitos nada saudáveis e acham que alguns minutos com argila na cara purificarão todos os erros cometidos no passado. Sim, isso é verdade. Mas talvez apenas o fato de a pessoa dedicar alguns minutos para si mesma já seja terapêutico.

Receitas caseiras funcionam?

Para responder essa pergunta, primeiro precisamos entender que tipo de receita caseira está em questão.

Existem inúmeras receitas caseiras divulgadas na internet e eu não posso falar sobre cada uma. Também não sou dermatologista nem esteticista para falar com propriedade sobre o assunto. Por isso, vou indicar o perfil de uma amiga, a @maquiaefalamuito, que é esteticista e cosmetóloga. Ela tem alguns vídeos muito interessantes no IGTV em que ela fala sobre o perigo de receitas caseiras e de seguir tudo o que há na internet.

As receitas mais comuns são as esfoliações caseiras utilizando açúcar ou café. Faz muitos e muitos anos que eu não uso um esfoliante caseiro, mas já adianto que os grânulos de açúcar mascavo, borra de café e afins não são adequados para a esfoliação do rosto por serem muito abrasivos. Ao mesmo tempo, a discussão sobre esfoliantes industrializados é importante, pois muitos possuem micro esferas de plástico que poluem os mares e intoxicam os peixes. Felizmente, marcas como Natura, O Boticário e The Body Shop já comercializam esfoliantes biodegradáveis e/ou orgânicos.

O outro tipo de receita caseira comumente difundida é a máscara facial feita com alimentos, como aveia, abacate ou mel. Embora estes alimentos possuam propriedades benéficas ao organismo, as moléculas dessas vitaminas e minerais não são absorvidas pelo corpo dessa forma. É como a Vitamina C, que é vendida nanoencapsulada para uso cosmético. Se você esfregar uma laranja no rosto, não vai absorver a Vitamina C e muito provavelmente causará lesões à pele, principalmente se tiver exposição ao sol. Talvez o abacate e o mel em contato com a pele forneçam hidratação e uma sensação agradável na pele, mas não é um efeito que se sustenta a longo prazo.

Como fazer máscaras de argila?

Máscaras de argila são ótimas e muito baratas. Existem muitos tipos de argila disponíveis no mercado, mas a mais certeira para todos os tipos de pele é a argila branca. A argila branca é conhecida por melhorar a aparência de manchas na pele e, assim como todas as argilas, é tonificante e controla a oleosidade. Para peles oleosas, a mais usada é a argila verde, que combinada com óleo de melaleuca vira uma verdadeira máscara secativa. Peles sensíveis se beneficiam muito da argila rosa, que acalma e regenera, podendo ser uma aliada do óleo de rosa mosqueta.

Para fazer a máscara, você pode misturar a argila de sua preferência com um pouco de água até que a consistência fique pastosa. Se quiser potencializar o efeito da máscara, pingue algumas gotas de óleo essencial na mistura. Os óleos mais comuns, além dos citados no parágrafo anterior, são o óleo de lavanda, óleo de prímula e óleo de jojoba.

O que é sheet mask?

Sheet mask, que literalmente significa máscara de folha, é uma máscara de tecido embebida em um sérum que costuma vir embalada em pacotes individuais. Esse tipo de máscara é muito popular na Coreia e no Japão, países responsáveis por popularizar a k-beauty e a j-beauty ao redor do mundo. Os séruns desse tipo de máscara costumam ser bem hidratantes, e por isso mesmo é o único tipo de máscara facial do post em que não há enxágue.

Por isso, esse tipo de fórmula é a minha preferida. Não apenas por ser mais prático, afinal, você pode colocar uma máscara no rosto e dormir, mas por ser mais eficaz. Os séruns que costumam vir nessas máscaras são focados em, além de hidratar, iluminar, reparar e regenerar a pele. Os ingredientes costumam ir do ácido hialurônico ao colágeno, então são as máscaras com maior tecnologia envolvida.

Qual devo usar?

Bom… Isso é com você, e com o seu orçamento também. Uma sheet mask costuma custar entre 10 a 20 reais a unidade. Com 30 reais, é possível comprar uma boa quantidade de argila que irá render inúmeras aplicações. O preço dos óleos essenciais varia de 30 a 60 reais, mas apenas algumas gotas são utilizadas nesse processo. As possibilidades são inúmeras, mas lembre-se sempre de consultar um dermatologista para entender melhor sobre o seu tipo de pele e o que você precisa.

Obrigada por estar aqui comigo. Sua sugestão é mais que bem vinda. Até mais!

Cuidados com as unhas: Cera Nutritiva e Creme para Cutículas (Granado)

Em uma das minhas enquetes no Instagram, perguntei se vocês tiravam ou não as cutículas.  Também mostrei meus dois novos produtos da Granado, a Cera Nutritiva e o Creme para Cutículas. Hoje eu vou falar porque esses produtos são incríveis e porque você deveria ter uma rotina de cuidados com as unhas e cutículas também.

Cera Nutritiva e Creme para Cutículas (Granado)

Cera Nutritiva e Creme para Cutículas (Granado)

Por que cuidar das cutículas?

Existem duas respostas para isso, a primeira é a mais óbvia. A cutícula está ali nas suas unhas para protegê-las de micróbios e fungos. Arrancá-la, além de correr o risco de tirar bifes, te torna mais suscetível a pegar doenças, especialmente se você vai à manicure e não tem o hábito de levar seu próprio alicate. Como eu sei que esse primeiro motivo não é convincente o suficiente, afinal é perfeitamente normal mulheres se machucarem em prol de um padrão de beleza inalcançável, as cutículas se tornam cada vez mais e mais grossas quando são retiradas. Isso é uma resposta natural do corpo.

Felizmente, é possível reverter esse ciclo vicioso, e eu sou a prova viva disso. Eu nunca fui muito de tirar as cutículas, mas fui algumas vezes à manicure e elas sempre insistem para você tirar. Mas a retirada só deixava elas mais e mais grossas e visíveis. Chegou a um ponto que eu mesma estava tirando o excesso em casa. Até que eu comecei a participar de grupos de beleza, e muitas meninas relataram que a hidratação constante faz as cutículas crescerem mais finas.

Como hidratar as cutículas?

Eu comecei a fazer as unhas em 2009, e nessa época, tinha vários blogs sobre esmaltes. Eu inclusive participei de um! E dois produtos eram unanimidade entre as esmalteiras: o MiraCuticle Avon e a Cera Nutritiva Granado. Usei por muitos anos o MiraCuticle e ele é realmente fantástico, mas somente agora, onze anos depois, que comprei a “cerinha da Granado” para testar. E estou me perguntando por que nunca fiz isso antes?

Eu só lembrava de hidratar as minhas cutículas uma vez por semana, quando já ia tirar o esmalte e pintar de novo, mas isso é um grande erro. As cutículas devem ser hidratadas todo dia, de preferência umas três vezes ao dia. Parece loucura, mas a gente tá sempre lavando as mãos, lavando louça, mexendo com produtos de limpeza, e tudo isso enfraquece as unhas. Principalmente agora, em tempos de pandemia, nossas mãos vivem no álcool em gel. Com certeza você já notou o ressecamento nas mãos. E as cutículas também precisam desse cuidado, especialmente para não endurecerem e não machucarem.

Cera Nutritiva e Creme para Cutículas (Granado)

Cera Nutritiva e Creme para Cutículas (Granado)

De antemão, eu já peço perdão pela unha do indicador super desgastada… Faz parte de tocar instrumento musical.

Cera Nutritiva Unhas e Cutículas Granado

Conhecida carinhosamente como “cerinha da Granado“, 11 em cada 10 mulheres viciadas em esmalte recomendam essa cera. O que me surpreendeu nela é a textura: eu esperava que ela deixasse as mãos meladas, mas ela seca rapidinho, questão de instantes. Coloco ela ao lado do meu computador, assim eu lembro de ficar passando durante o dia. E, acreditem se quiserem: o efeito dela é tão imediato que, com dois dias de hidratação contínua, eu já senti uma diminuída nas minhas cutículas. Apesar do pote ser pequeno, ela rende muito, acho que deve durar uns seis meses com uso constante.

Creme para Cutículas Granado

A marca sugere o uso desse creme antes da manicure, para empurrar ou retirar as cutículas. Novamente, para tornar esse blog o mais democrático possível, pedi a ajuda de mamãe para avaliar o uso do creme. Ela tira as cutículas e disse que o uso do creme realmente facilita a remoção, amolecendo e hidratando. Sempre importante ressaltar que eu opto por não tirar, mas eu respeito o direito de escolha de cada um, e por isso consultei a opinião de uma pessoa que pensa diferente.

Para mim, que usei o creme apenas para empurrar, também foi notório a emoliência. Inclusive, achei que esse creme é uma versão hidratação potente da cera. Talvez, se você é uma daquelas pessoas que só lembra das cutículas na hora de tirar o esmalte, vale a pena ter esse creme. O tubo é imenso, e ao contrário da cera, eu acho que facilmente duraria uns cinco anos na minha mão. kkkkk

Espero que, com esse post, você se sinta abraçada, seja você do #teamtira ou do #teamdeixa. Todas nós merecemos nos sentir lindas, e esses produtos Granado são uma ótima escolha para o cuidado das mãos e unhas.

Resenha: Base Hyaluronic FPS 70 Make B (O Boticário)

Oi, gente! Estou muito feliz de trazer para vocês uma resenha de base. A escolhida de hoje é a Base Hyaluronic FPS70 de Make B. Durante muito tempo, eu sonhava com o dia que poderia pisar numa loja O Boticário e comprar livremente as maquiagens de lá, especialmente as da linha Make B. Na época, a gente não tinha tantas marcas no mercado, e todas as minhas maquiagens se resumiam a Avon, Natura ou O Boticário, geralmente da linha Intense.

Eu mostrei detalhes de como ela se comportava no meu rosto no Instagram (me segue lá, @carolinahaine) e perguntei a vocês se vocês achavam que a base era cara ou barata, nacional ou importada. A maioria acertou que a base é nacional, mas metade chutou que era cara, metade chutou que era barata. Bom… Na minha concepção, ela é bem cara. A base custa R$ 89,90 e pode ser encontrada no site da marca.

Base Hyaluronic Make B na caixa

Base Hyaluronic Make B na caixa

Propostas da base Hyaluronic Make B

É claro que parte do preço se justifica por ela ter o FPS 70. Bases com FPS alto são o amor da minha vida, pois assim tenho certeza de que estou com uma proteção extra além do protetor solar. Veja bem, não é porque uma base tem FPS que você pode dispensar o uso do protetor solar. Ele ainda é indispensável diariamente.

Quanto à base Hyaluronic, o FPS dela, além de alto, oferece escudo protetor contra UVA+++ e luz azul. Tudo o que a gente precisa, ainda mais dentro de casa expostos à luz de telas de computadores e celulares. Como comparação, as minhas outras bases queridinhas com FPS são o BB Cream Latika FPS 44 e a Base Air Power Make B FPS 55, da mesma marca. Para ler mais sobre elas, clique aqui.

Continuando nas propostas mágicas, essa base é enriquecida com ácido hialurônico, o ingrediente sensação do momento, que proporciona muita hidratação sem pesar na pele. Além disso, a tecnologia prebiótica é responsável por manter saudável a flora bacteriana da nossa pele, conferindo mais elasticidade ao longo dos usos.

Pré-Base e Base Hyaluronic Make B

Pré-Base e Base Hyaluronic Make B

Pré-Base é o melhor primer que você vai usar

Como eu estava bem louca para testar esse lançamento, comprei as duas versões, a Pré-Base e a Base. A Pré-Base é como um primer: possui as mesmas características que a base, mas é incolor. Achei que a textura que ela deixa na pele é melhor do que qualquer primer que eu já usei. Ele não é siliconado, muito pelo contrário, tem a textura de protetor solar. Mas o acabamento que deixa é de pele preenchida e sedosa imediatamente.

Variedade de tons deixa a desejar

Agora vamos à base. Eu comprei a cor mais clara, a cor 15, e ela ficou exatamente do tom da minha pele. Essa base possui apenas oito tons, o que é um número inaceitável considerando o tamanho da marca O Boticário. Na linha de Quem disse Berenice?, a marca produz mais de vinte tons, mas aparentemente a marca de mulheres velhas e ricas maior sucesso não precisa de todos os tons de pele. Pessoas muito brancas ou negras de pele retinta não encontrarão sua cor em Make B.

Pré-Base e Base Hyaluronic na cor 15

Pré-Base e Base Hyaluronic na cor 15

Acabamento luminoso e natural

O acabamento dessa base me surpreendeu muito. Assim que eu passei, eu achei que estava um pouco estranho, mas com o tempo a base assentou na pele e revelou o acabamento mais lindo da vida. A minha pele ficou bem luminosa, do jeitinho que eu gosto, mas sequinha. Que bruxaria é essa? Amei. Está aprovada inclusive no teste do travesseiro, pois eu encostei para um cochilo rápido no fim da tarde e não transferiu nada. Por ser uma base luminosa e eu não ter selado com pó, eu achei que metade do meu rosto ficaria carimbado na minha cama.

Durabilidade média

Essa não é a base se você quiser ficar por horas e horas maquiada. Não só em mim, eu testei a base na minha mamãe, que possui pele seca e madura. Ela se maquiou da mesma forma que eu, apenas com a base e sem o pó, e ao final do dia a base já tinha ido embora do rosto dela. No meu rosto, ela se manteve digna e quase não saiu. No entanto, eu tenho consciência de que o público-alvo da base são mulheres como a minha mãe, então fica aqui registrado que a durabilidade não é excelente. Mas é boa, sim, achei satisfatória. Com o pó, ela duraria mais.

E o veredito final é: aprovado.

Pré-Base: ★★★★★
Base: ★★★★☆

A base perdeu pontos por não durar tanto no rosto e pela variedade de tons, mas o acabamento me surpreendeu muito. Ainda acho que, se ela custasse até 70 reais, seria um bom preço, mas 90 é um pouco demais. Ainda assim, vale a pena procurar uma promoção dela.

Conta aqui quais outras resenhas você gostaria de ver no blog!

Máscaras de cílios: comparando Benefit, Bruna Tavares e Ruby Rose

Oi! Assim como eu mostrei para vocês todas as bases tendência do momento, chegou a vez de mostrar as minhas máscaras de cílios. Existe uma variedade imensa de máscaras no mercado, e algumas imagens até ironizam isso na internet dizendo que “homens nunca saberão o que isso significa”. A verdade é que nós também não. rs

Os três efeitos mais esperados numa máscara são: alongamento, volume e curvatura. E já começo esse post dizendo: desconfie de produtos que prometem os três de uma vez só. Muitas vezes uma máscara pode até alongar e curvar, ou dar volume e curvar (curvar é o efeito mais esperado em todas, afinal, ninguém quer cílios caídos). Mas uma máscara que se propõe a fazer os três de uma vez nunca vai ser A alongadora ou A volumosa, ela tende a ficar ali no meio-termo. E nem sempre o meio-termo é ruim, mas é importante saber que o efeito final varia muito de cílio para cílio.

Máscaras de cílios They're Real! e Roller Lash, Benefit

Máscaras de cílios They’re Real! e Roller Lash, Benefit

Máscara de cílios They’re Real! Benefit Cosmetics

A Benefit Cosmetics é referência mundial no quesito máscaras de cílios. Sua primeira máscara que fez muito sucesso é a They’re Real!, uma máscara de alongamento e definição. Eu gosto muito do efeito dessa máscara e ela realmente deixa os cílios tão compridos a ponto de você se perguntar se “é real”, como diz o nome. O que me faz desgostar imensamente dela é o fato de ela ser a maior piada do mundo em termos de duração. É uma máscara que sai com muita facilidade, qualquer lacrimejo ou suor faz você chorar lágrimas pretas de desgosto. No entanto, ela escorre mas é impossível de tirar. Mesmo com o demaquilante bifásico, é necessário esfregar o rosto várias e várias vezes para removê-la. Então ela consegue ser o pior dos dois mundos: borra fácil e é impossível de tirar esse borrado. Uma pena, pois é a máscara que mais deu efeito nos meus cílios.

Máscara de cílios Roller Lash Benefit Cosmetics

A Roller Lash é o completo oposto da They’re Real. O seu efeito é também de alongamento, mas os seus pontos mais fortes são a curvatura e o volume nos cílios. A embalagem dela por si só já é primorosa. A minha acabou e eu fiquei morrendo de pena de jogar fora. Ela não é a prova d’água, então ela borra sim se você chorar, mas ela nunca prometeu isso. Além disso, é muito fácil de tirar e eu sinto que borra até menos que a They’re Real. É a máscara que eu mais gostei até hoje, sempre que eu precisava me maquiar para o dia a dia, era ela a quem eu recorria.

Eu comprei essas duas máscaras numa época de vacas gordas e porque eu queria muito testar as famosas da Benefit. Na época, consegui encontrá-las numa promoção em que uma full size + uma mini saía pelo preço da full size, ou seja, 129 reais. No entanto, encontrei duas máscaras nacionais e baratas que também conquistaram o meu coração.

Máscaras de cílios Trópico Define & Alonga (Ruby Rose) e BT Wonderlash (Bruna Tavares)

Máscaras de cílios Trópico Define & Alonga (Ruby Rose) e BT Wonderlash (Bruna Tavares)

Máscara de cílios Trópico Define & Alonga Ruby Rose

Eu comprei essa máscara de cílios numa época em que 9 em cada 10 blogueiras indicavam essa “verdinha” da Ruby Rose (na minha foto ela saiu bem azul, mas a cor é verde água). O efeito que ela dá nos cílios é muito parecido com o da They’re Real, ela alonga e define bem, com a vantagem de custar apenas 15 reais e de não ser impossível de tirar. Eu tenho um pouco de receio de usar produtos da marca, pois a base matte (primeira versão), o corretivo de alta cobertura e a água termal me deram alergia. Em compensação, a água micelar e os lenços demaquilantes são muito bons. Também uso sempre um trio de sombras baked que sou apaixonada, mas infelizmente saiu de linha.

Máscara de cílios BT Wonderlash Bruna Tavares

O aplicador dessa máscara é muito parecido, quase idêntico, com o da Ruby Rose. Essa máscara é um pouquinho mais cara, podendo ser encontrada por 35 reais. O efeito dela, nos meus cílios, é de curvatura e volume, bem parecida com a Roller Lash. Assim como a da Benefit, ela não é a prova d’água e é bem fácil de tirar, o que para mim é uma vantagem. Vocês sabem que eu amo muito os produtos da Bruna Tavares, e eles me inspiram muito mais confiança e credibilidade do que os produtos da Ruby Rose, mas apesar disso, acho que o preço dela é um pouco salgado e isso me faria escolher a primeira máscara.

Agora, me conte você. Quais as suas máscaras de cílios favoritas? Você já usou uma dessas? Até o próximo post!