Todas as minhas bases: acabamentos, coberturas e faixas de preço

Olá, tudo bem com você? Comigo sim! Hoje eu vim trazer para vocês um post que eu imagino que faça sucesso com quem gosta de maquiagem. Geralmente, o item que todo mundo procura é a tal da base. (Corretivo também, mas quem sabe eu não estenda esse assunto para um outro post?)

Eu tenho uma quantidade razoável de bases (você, por exemplo, pode resolver a sua vida com uma ou duas!)… Antigamente, não era um item de maquiagem que eu usava muito. Me interessava muito mais pelo corretivo nas olheiras e pronto. Mas aprendi a amar bases quando elas são leves e de acabamento luminoso.

Mas peraí…? O que é acabamento luminoso? O que é acabamento matte? Qual é a base ideal para o meu tipo de pele? Essas e outras perguntas você encontrará a resposta aqui no Globo Repórter.

Para maiores informações… a minha pele é normal, com tendência a ficar seca no inverno e mista no verão. Eu moro em Brasília, que costuma ser uma cidade muito seca mesmo no período de chuvas. Aqui é bem quente, mas não chega a ser o calor de uma cidade no Nordeste.

Bases Luminosas

Bases luminosas são aquelas que deixam o seu rosto ~iluminado~, ou seja, brilhante. Mas atenção: não é porque a base é luminosa que ela vai ser sebosa. Guarde esse mantra no seu coração. Uma base pode muito bem ser luminosa e ser oil free. Porém, a base luminosa costuma não segurar a oleosidade da pele. É isto. Ela não vai piorar, mas também não vai melhorar a situação. E é por isso que algumas pessoas de pele oleosa conseguem se adaptar bem a elas, seja com a preparação de pele ou com a finalização com pó.

O BB Cream Clareador Latika possui FPS 44, o que é excelente para o dia a dia. Eu mesma uso quase todos os dias (quando quero sair maquiada, senão eu só uso protetor solar mesmo e deu). Eu AMO o acabamento desse BB Cream, é bem luminoso meixmo. Acho que a galera do matte vai querer sair correndo. A cobertura é de leve a média (mais pra média, eu diria), acho que é o BB Cream com maior cobertura que já usei. A minha cor é a Bege Claro, e infelizmente só possui três tons. A marca é cruelty free. Custa de 60 a 70 reais e você pode comprar aqui.

A Healthy Mix Serum Bourjois é uma base leve a média (para uma cobertura média mesmo, você pode escolher a Healthy Mix original que tem um acabamento similar com cobertura maior). Essa base é perfeita para quem tem pele madura. O cheirinho dela é uma delícia, e a fórmula é enriquecida com frutas e vitaminas. Deixa a pele bem iluminada e é ideal para o dia a dia, mas não possui SPF (o que é uma vantagem para quem quiser usar à noite também, pois assim não estoura no flash). A minha cor é a 52 Vanille: a gama de tons é um pouco limitada, com só seis tons. Infelizmente, a marca não é cruelty free. 🙁 Custa 101 reais e você pode comprar aqui.

Bases Acetinadas

As bases acetinadas são as mais versáteis e costumam ir bem com todos os tipos de pele. São a transição entre o luminoso e o semi-matte: o acabamento é um pouco mais sequinho, mas ainda traz um viço natural à pele. Pessoas com a pele muito seca podem preferir fazer uma camada de hidratação potente antes de usá-las, assim como pessoas com a pele muito oleosa podem caprichar no pó finalizador para mantê-las intactas. São as minhas favoritas para sair à noite.

A base Ultra HD Make Up For Ever é a base mais rainha das bases que eu já usei na minha vida. Também pudera, com o preço dela, ela devia transformar meu rosto no da Beyoncé. rs A cobertura dela é média, mas a tecnologia dela é tão boa que parece que você cobriu todas as imperfeições sem passar nada. É muito levinha na textura, você praticamente não sente a base, mas a cobertura é ótima. A minha cor é a Y235 e a gama de cores dessa base é digníssima (amém!). Make Up For Ever também não é cruelty free. Custa a bagatela de 210 reais e pode ser comprada aqui.

A Air Power Make B O Boticário veio na leva das bases conta-gotas. Ela possui uma “irmã” que é a Base Superfluida Quem Disse Berenice. Quando eu fui comprar essa base, fui direto na loja da Quem Disse Berenice testá-la, mas ela craquelou no meu rosto e deixou um aspecto muito seco. Sendo assim fui na loja O Boticário comprar a Make B e não me arrependo. Ela fica bem sequinha na pele, mas sem craquelar. O FPS é 55, o que torna a base super amigável para usar durante o dia e justifica um pouco o preço alto. A cobertura vai de leve a média e a minha cor é a Bege Claro 01. A gama de tons é ridícula e só tem seis tons. A marca é cruelty free. Custa 89,90 e você pode encontrá-la aqui.

A SuperStay 24h Maybelline da fórmula antiga é uma excelente base. Deu uma superfaturada desnecessária nos últimos anos, indo de 50 a 70 reais em um pulo. Infelizmente, a nova fórmula é ainda mais cara que essa (ouvi dizer que está sendo vendida a 90 reais nos quiosques…). Acho que a Maybelline perdeu a noção e os preços estão altíssimos. 50 reais num rímel que custa 7 dólares? 70 reais num corretivo que custa 10 dólares? Essa base, apesar de ótima, para mim não vale um investimento tão alto. Não pela duração dela, que é excelente (não fiquei 24 horas com ela, mas dura bastante a uma festa com suor e calor). Os tons claros dela são muito rosados, o que me obriga a usar um corretivo amarelo para consertar o subtom. A minha cor é a Classic Ivory Light. A marca não é cruelty free. Creio que essa versão vá sair de circulação, mas ainda dá para encontrá-la aqui.

Bases Semi-matte

A base semi-matte, ou soft matte como alguns preferem chamar, é uma base de acabamento opaco, mas que não fica tão seca na pele. Pode ser usada tranquilamente em peles mistas a oleosas. Algumas peles normais vão pedir mais hidratação, outras também vão se adaptar bem a ela. É um tipo de base, porém, que já começa a não ser recomendável para peles secas, a menos que você dilua em um hidratante.

A Base Líquida Soft Efeito Matte Dailus é uma queridinha minha, tanto que este já é meu segundo tubo dela (e para eu chegar a esse ponto é porque foi amor eterno). Eu não tenho conseguido usá-la agora porque sinto que minha pele tá numa vibe seca, mas no calorão ela fica perfeita para mim. A cobertura é média, bem média mesmo, e a textura dela é bem gostosa de passar. Acho ela bem versátil, já consegui usar tanto no dia a dia quanto num casamento. A minha cor é a 04 Bege Claro e a marca possui oito tons. A marca é cruelty free. O preço não costuma passar de 30 reais, e ela pode ser achada aqui.

A Base Matte Pausa Para Feminices é bastante polêmica. Muitos amam, muitos odeiam. Acho que sou a única pessoa nessa blogosfera inteira que gosta mais ou menos dela. Ela é a versão rebocão da base anterior. Como eu não gosto de reboco, uso um pinguinho dela e ela seca bem no rosto e fica ótima. Porém, já tentei fazer uma cobertura mais grossa com ela e não deu muito certo. Não é a maior caçamba de lixo como o pessoal diz, mas também está longe de ser uma das minhas favoritas. A minha cor é a 1,5 e a gama de tons dela é muito boa. A marca é cruelty free e a base é vegana. Custa 35,90 e pode ser encontrada aqui.

Bases Matte

A base matte é o maior hit entre as brasileiras, principalmente por ser a melhor base no quesito controle de oleosidade. O acabamento dela fica opaco e muitas vezes dispensa o uso do pó. Fuja dela se você tiver a pele seca! Peles normais, dependendo do gosto de quem estiver usando, podem usá-la sem problemas. Eu confesso que não gosto muito dela, para mim o limite da secura (rs) fica no semi-matte. Mas reconheço que muitas de vocês gostam, então vamos falar delas aqui também.

A TimeWise Mary Kay de acabamento matte (pele mista a oleosa) veio parar nas minhas mãos porque minha mãe comprou errado. Ela odiou a base. Era um pouco óbvio que ela ia odiar, se a pele dela é seca! Eu não tenho a pele tão seca assim e também não gostei, porque ela é matte ao quadrado. Mas talvez isso seja justamente o que te agrade nela! A cobertura é média, podendo ser alta também. Infelizmente, para comprá-la é necessário uma consultora Mary Kay (e é justamente por isso que eu não tenho por onde indicar um site para a compra). Eu utilizo uma mistura dos tons Ivory 03 e Beige 05 (um extremamente claro e outro extremamente escuro), por isso não tenho como dizer a vocês o meu tom. Porém, a gama de cores é boa e acredito que muita gente encontre o seu tom. A marca não é cruelty free. Custa cerca de 60 reais.

A Avon True Flawless Ultramatte é a única base matte que eu já gostei na vida. O acabamento dela é leve a médio. O acabamento dela é super sequinho, mas não fica ressecado. Acredito que muita gente vá gostar dessa fórmula. O defeito dela, para mim, é a oxidação que é absurda e dificulta muito a escolha de tons, que já é difícil de ser feita pelo catálogo da revista. Assim como a Mary Kay, a Avon é vendida por consultoras (e eu realmente recomendo que você compre por uma consultora para poder ajudá-las nesse trabalho tão árduo), mas se você não conhecer nenhuma, é possível comprar pelo site. O meu tom é o Bege Claro, e a marca possui dezoito tons de puro deleite e satisfação. A marca não é cruelty free. O preço cheio dela é 42,99, o que para mim é um pouco alto pelo o que ela entrega, mas fique atento às promoções.

E é com muita satisfação pessoal que finalizo esse post, que creio ser muito útil a quem procura uma boa base mas não sabe nem como começar a procurar. Se você gostou desse post, peço que compartilhe com seus amigos apaixonados por maquiagem! 🙂

Carol

Comments

comments

Carolina Haine

22 anos, licenciada em Letras Inglês, designer e diagramadora de livros. Não vive sem o Evernote, uma caneca de chá e, claro, seus óculos de grau.

Deixe uma resposta